Relacionamento com clientes de pet shops: 3 pontos para melhorar

Cuidar do relacionamento com clientes de pet shops é super importante para que você possa criar uma carteira de clientes satisfeitos que sempre voltarão a comprar da sua loja.

Introdução

Relacionamento com clientes é sempre algo muito importante para todo e qualquer negócio. Mas quando falamos sobre o relacionamento com clientes de pet shops precisamos dedicar uma atenção ainda mais especial ao tema. Afinal de contas, o amor e carinho que as pessoas tem por seus pets é um fator extremamente importante nessa relação. Não se trata apenas da venda de produtos, portanto. Na verdade, trata-se de vender carinho, atenção e muitos mimos que farão o pet se sentir ainda mais amado e querido!

É considerando o exposto acima que precisamos realizar algumas ações para que você possa explorar ao máximo todo o potencial de relacionamento com seus clientes. Lembre-se que no relacionamento com clientes de pet shops as mais simples ações, quando bem executadas, podem proporcionar excelentes resultados.

A seguir apresentarei 3 ações que você poderá adotar no seu pet shop para potencializar o relacionamento com os clientes a fim de gerar melhores resultados.

relacionamento com clientes de pet shops

1.Cadastrar o cliente para ter um histórico das compras realizadas

Qual é a melhor maneira de se relacionar melhor com os seus clientes? A resposta obviamente é conhecendo-os. E como você faz para conhecer melhor seus clientes? Além de cultivar um bom relacionamento pessoal é você ter um cadastro sempre atualizado contendo o histórico de compras daquele cliente para que você saiba exatamente quais são seus padrões de consumo, ou seja, quando ele realiza compras, quais itens são mais buscados por ele, quando tais produtos são comprados, com que frequência e por aí vai…

É sempre bom lembrar também que na hora de cultivar o relacionamento com clientes de pet shops devemos ficar muito atentos as necessidades do próprio pet. Porque vale destacar: quem paga é o dono, mas o usuário dos produtos é o pet em si. Então além de observar o padrão de consumo do dono é preciso ficar atento as necessidade do bichano, porque dessas necessidades podem surgir oportunidades de venda.

O cadastro do cliente com o registro do seu histórico de compras proporcionará ao seu pet shop a chance de elevar o tícket médio dos clientes e a própria frequência com que os mesmos realizam suas compras, já que a partir dos dados registrados você pode adotar um comercial mais ativo lembrando os clientes de que está na hora de renovar certo produto e tal. É uma bela maneira de não ficar refém da ida dos clientes à loja para apresentar os produtos e buscar vender algo. Aqui de repente você pode até adotar a entrega dos produtos na residência dos clientes incluindo um novo canal de vendas no seu pet shop. Confira o artigo: Canais de Venda: o que são e como definir para entender melhor o tema 🙂

2.Saber a data de aniversário do pet para realizar ações promocionais

Se existe algo que pode incrementar o relacionamento com clientes de pet shops é você saber exatamente a data de aniversário de cada pet cliente da sua loja. Essa é, sem dúvida alguma, uma bela maneira de impressionar o dono do pet para que ele possa comprar alguns mimos e agrados numa data tão especial. Imagina então se você ainda preparar algumas ofertas especiais e exclusivas adequando os produtos ao histórico de compras do clientes? Seria uma ótima forma de fortalecer o relacionamento e ajudar na fidelização!

Quando você sabe certinho a data de aniversário de cada pet que sua loja tem como cliente (mais uma vez lembrando que quem paga é o dono, mas o usuário dos produtos é o pet) uma série de ações comerciais podem ser realizadas para potencializar seus resultados. Se lojas que vendem roupas e alguns restaurantes fazem essas ações quando sabem sua data de aniversário, por que não fazer o mesmo no seu pet shop para fortalecer os laços com sua base de clientes? Pode ter certeza que esse registro pode render muitos frutos.

3.Realizar venda consultiva para adequar ofertas ao pet

Mais uma vez baterei na tecla: quem paga pelos produtos é o dono do pet, mas quem usa os produtos é o pet em si… Mas o que isso significa na prática no caso de vendas consultivas? Simplesmente que você precisa conhecer muito bem o pet para que você possa sugerir ao dono alguns produtos que seriam mais adequados para ele.

É sempre bom lembrar que no relacionamento com clientes de pet shops esse conhecimento sobre a necessidade dos pets é o que vai levar os donos a gastarem mais. Se eles entenderem que aquilo será bom para o pet deixando-o mais saudável e feliz, sendo o dono uma pessoa que realmente trata o pet como um membro da família, pode ter certeza que suas chances de vender mais vão aumentar.

Conclusão

São 3 lições importantes que devemos registrar aqui: (1) tenha um registro do histórico de compras de cada cliente; (2) saiba a data de aniversário de cada pet que sua loja atende para gerar oportunidades de venda e; (3) busque entender as necessidades do pet para sugerir produtos e soluções que farão o pet se sentir mais saudável e feliz. Essas 3 lições são fundamentais para fortalecer o relacionamento com clientes de pet shops e, com isso, gerar melhores resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *