Metas para pet shops: 3 etapas para determinar

A definição adequada de metas para pet shops é parte fundamental do trabalho comercial a ser desenvolvido para que os resultados desejados sejam de fato alcançados.

Introdução

Pensar em metas para pet shops, assim como para qualquer outro tipo de negócio, é absolutamente fundamental. Por quê? Pelo simples fato de que as metas nos ajudam a colocar no horizonte um alvo onde queremos chegar, ou seja, no momento em que definimos as metas para o seu pet shop conseguimos direcionar seus esforços comerciais de modo a transformar tais metas em resultados reais.

Outro ponto que vale destacar aqui é que as metas também contribuem para que você mantenha a si próprio e toda sua equipe mais focados e centrados naquilo que precisam realizar. Tudo fica mais claro quando temos como medir a evolução. Afinal, se você sabe o que quer conquistar e conhece exatamente o caminho que deve percorrer para chegar lá, a caminhada será ligeiramente mais tranquila.

Veja a seguir 3 etapas para poder determinar metas para pet shops. Vamos lá!

metas para pet shops

1. Entender o cenário atual e definir o alvo futuro

A definição de metas para pet shops começa com a compreensão de 2 pontos essenciais: o cenário atual que o seu pet shop possui em relação a vendas, estrutura financeira, estrutura comercial, tamanho da equipe, estoque, entre outros, e também o crescimento ou melhoria que você quer conquistar considerando o cenário atual (nada mais do que o alvo futuro, aquilo que queremos realizar).

Para compreender o cenário atual e definir esse alvo futuro precisamos, em primeiro lugar, responder algumas perguntas conforme apresento a seguir:

– Qual foi sua média de vendas dos últimos 12 meses ou mais?
– Em qual período do ano seu pet shop gera os melhores resultados?
– Em que período do dia e da semana você realiza mais atendimentos?
– Qual o resultado que vocês tem gerado atualmente?
– Quantas vendas vocês deixaram de realizar nos últimos 12 meses com clientes potenciais que entraram, porém não compraram?
– Qual o resultado que vocês querem gerar daqui a 3, 6, 12 meses?

O ponto central aqui ao responder perguntas como as colocadas acima é você mapear completamente tudo que ocorre e já ocorreu no seu pet shop para que seja possível construir um cenário a ser analisado. Somente compreendendo esse cenário e identificando tudo que influencia e faz seu pet shop gerar os resultados atuais é que será possível definir o que será necessário fazer para que melhores resultados sejam alcançados.

2. Determinar a capacidade produtiva e comercial potencial

Considerando a estrutura e recursos disponíveis que você possui hoje no seu Pet Shop, qual é a capacidade produtiva e comercial máxima que vocês podem alcançar? Para ficar mais claro o que precisamos saber através dessa pergunta veja um breve exemplo…

Digamos que o Pet Shop ABC tenha hoje em sua equipe 2 funcionários que trabalham 8 horas por dia e que em sua estrutura 2 pets possam ser tosados e tomar banho simultaneamente, ou seja, o Pet Shop ABC hoje pode tosar e dar banho em cerca de 24 pets por dia – capacidade máxima – imaginando que o atendimento de cada pet dure cerca de 40 minutos (apenas um exemplo para você entender onde quero chegar).

Embora a capacidade potencial do Pet Shop ABC seja de 24 pets/dia, atualmente digamos que eles só estão atendendo cerca de 25% daquilo que podem, ou seja, 6 pets/dia ficando com muito tempo ocioso por parte dos funcionários (nesse cenário não justifica inclusive ter 2 funcionários disponíveis exclusivamente para realizar o serviço já que 1 funcionário poderia dar conta de até 12 pets/dia).

Entendeu onde quero chegar? Você hoje precisa parar para avaliar qual é a capacidade produtiva e comercial do seu Pet Shop a fim de identificar o quanto você ainda pode crescer e quanto de resultado ainda pode gerar a partir da estrutura e dos recursos que dispõe nesse momento. Somente fazendo isso você poderá definir metas mais assertivas e condizentes com a realidade (aproveite e confira nosso artigo Meta SMART: o que é e como definir para melhorar resultados para aprender sobre o assunto).

3. Estabelecer mini metas para crescimento gradativo

Ter um alvo principal é importante, sem sombra de dúvida. Mas possuir mini metas, ou seja, alvos secundários que o levarão a conquistar e alcançar o alvo primário é tão importante quanto. As metas para pet shops precisam ser ousadas, mas não a ponto de você não conseguir alcançá-las. É disso que se trata definir mini metas para gradativamente você ir galgando o resultado desejado. Por exemplo…

Se hoje o seu pet shop fatura em torno de R$40.000 por mês, mas você quer dobrar esse faturamento é muito mais interessante você mirar em gerar R$42.500 no próximo mês, aumentando o tamanho da meta gradativamente, do que focar única e exclusivamente nos R$80.000 por mês. Sabe por quê? Pelo simples fato de que ao sentir que vocês estão avançando rumo a meta principal toda a equipe ficará motivada (principalmente se todos saírem ganhando com isso, é claro).

Na hora de definir metas para pet shops devemos considerar que cada passo é importante. O objetivo principal deve estar no horizonte, mas jamais o próximo alvo/passo deve ser perdido de vista.

Conclusão

Metas para Pet Shops são extremamente importantes. São elas que colocam um alvo no horizonte e que acabam por direcionar os esforços comerciais de toda a equipe. Sendo assim, pare para definí-las e respeite as 3 etapas mencionadas acima. Entendendo o cenário atual, sua capacidade produtiva/comercial potencial e estabelecendo mini metas para gradativamente avançar rumo ao seu objetivo ficará muito mais fácil acertar o alvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *